Ícone do site MUSIC PRO COMERCIO E SERVICOS DE MIDIA E SISTEMAS DIGITAIS LTDA – CNPJ 42.258.629/0001-86 | Piratininga, Niterói – Rio de Janeiro

Como criar uma proposta para enviar para contratantes?

Interior designer working with young couple. Lovely family and professional designer or architector discussing conept of future interior, working with colour palette, room drawings in modern office.

Se você é daqueles que quer conquistar o mundo da música e mandar bem na divulgação digital e na venda de seus shows, vem comigo que vou te ensinar um passo a passo para elaborar uma boa proposta para enviar aos contratantes.

Conheça seu público-alvo

O primeiro passo para criar uma proposta eficaz é conhecer seu público-alvo. Isso inclui saber quais são as necessidades e expectativas dos contratantes que você pretende abordar.

É legal fazer uma pesquisa de quais são as empresas, agências e produtoras que trabalham com artistas independentes e quais são os seus interesses e valores.

Defina seu objetivo

Antes de começar a criar sua proposta, é importante definir qual é seu objetivo.

Você quer fechar um contrato de divulgação digital em redes sociais? Ou talvez, conseguir mais shows, sejam pockets ou completos?

Defina claramente o que você deseja alcançar com sua proposta.

Liste suas habilidades e experiências

Para tornar sua proposta mais atrativa aos olhos dos contratantes, é importante destacar suas habilidades e experiências musicais.

Liste suas principais conquistas, como shows realizados, músicas lançadas, prêmios recebidos e outras realizações relevantes para sua carreira.

Mostre seus números nas redes sociais, para que ele entenda que você é um artista relevante e se comunica com sua fanbase mesmo que esteja no inicio da carreira.

Apresente-se de forma clara e objetiva

Ao escrever sua proposta, certifique-se de que ela seja clara e objetiva. Apresente-se de forma sucinta, destacando seus principais diferenciais como artista e suas expectativas em relação à parceria com o contratante.

  1. Conheça o valor do seu trabalho: antes de iniciar qualquer negociação, é fundamental que você saiba o valor do seu trabalho;
  2. Analise suas despesas, tempo de ensaio e preparação, custos com equipamentos, transporte, entre outros. Assim, você terá uma noção mais clara do quanto você precisa ganhar para se manter como artista independente;
  3. Inclua sua música.

A música é o seu principal produto como artista, então não se esqueça de incluí-la em sua proposta.

Disponibilize links para suas músicas, videoclipes e performances ao vivo, de forma que os contratantes possam conhecer melhor seu trabalho e avaliar se ele se encaixa no perfil deles.

E aí, uma dica de ouro: personalização é o segredo! Nada de mandar uma proposta genérica para todo mundo. Mostre que você é profissional com cada contratante e que está pronto pra formar uma parceria que vai render bons frutos.

Agora é com você! Segue passo a passo e manda ver na sua proposta. Tenha atitude de quem quer conquistar o mundo da música! Até a próxima.

Luana Catinin

Sair da versão mobile